Conversamos com especialistas e trouxemos o passo a passo para tornar seu condomínio sustentável

Sustentabilidade é mais que uma palavra do momento, é uma necessidade. Além de contribuir para o planeta, ter um condomínio sustentável pode ajudar a reduzir custos.

Mas por onde começar? Convidamos André da YBY Soluções Sustentáveis com dicas valiosas de como tornar seu condomínio um ambiente ecológico.

Tornar um condomínio sustentável é simples, basta seguir os passos abaixo:

1 . Descarte o lixo corretamente

Um dos primeiros passos é realizar o descarte correto dos resíduos. Afinal, a coleta seletiva é essencial para um condomínio sustentável.

Para isso é preciso implementar locais adequados para o descarte, informar os moradores sobre seu uso e oferecer um destino adequado para o material.

Existem empresas especialistas em coleta seletiva para as quais o lixo deverá ser encaminhado. Materiais especiais como pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos também deve receber cuidado especial e ter seus próprios pontos de coleta.

Além disso, resíduos orgânicos também podem ser reutilizados para compostagem e adubação das plantas do condomínio. Quem sabe até iniciar uma horta orgânica?

É importante lembrar que a separação do lixo começa em casa. Os moradores devem ser incentivados a primeiramente segregar o lixo orgânico do reciclável.

Esta ação simples já facilita bastante o reaproveitamento de materiais e, com essas ações em conjunto, podemos diminuir em até 90% o lixo enviado para aterros sanitários.

Como isso é possível? Apenas por volta de 10% do lixo que geramos todos os dias é categorizado como inservível (Papel Higiênico, etc) e não pode ser reciclado.

Por exemplo, restos de comida podem virar adubo, cascas de frutas podem se transformar em deliciosas receitas e plástico, vidro e afins podem ser reciclados e se tornarem novos produtos.

Além disso, para combater o descarte incorreto do óleo de cozinha, causador de poluição, entupimento de esgotos e outros problemas urbanos graves, a YBY oferece biocoletores especializados para descarte.

2 . Economize energia

Comece por substituir suas lâmpadas antigas por alternativas LED. Estas podem parecer mais caras a principio, mas a economia de cerca de 60% dos custos garante o retorno rápido do investimento, além de durarem mais.

Se possível, substituir elevadores antigos por alternativas mais modernas também contribui, uma vez que equipamentos mais novos já são construídos com economia de energia em mente.

Instale sensores de presença em corredores para que estas acendam somente de acordo com a necessidade e posicione as luzes das áreas comuns em locais estratégicos.

Telhados e paredes verdes também são uma boa ideia, uma vez que a presença de plantas ameniza o calor no interior do ambiente, diminuindo assim o gasto com ar-condicionado, por exemplo.

Você sabia que a energia é mais cara durante o horário de pico do fornecimento? Isto acontece entre as 18h e 21h. Durante este período é possível utilizar os geradores do próprio condomínio e assim, economizar.

Vale lembrar que muitos condomínios já estão aderindo a soluções de energia limpa. Aqui no Severino, por exemplo, usamos energia solar graças aos painéis solares do Coworking Ecozilla.

3 . Evite o desperdício de água

Este é um esforço conjunto entre moradores, administração e funcionários. Enquanto conscientizar os condôminos é importante, muitas ações podem ser tomadas pelo síndico para aumentar o aproveitamento da água.

  • Invista em captação de água da chuva.
  • A individualização dos hidrômetros já é obrigatória por lei em condomínios novos, mas quem ainda utiliza o método coletivo pode implantar a nova maneira e ter rápido retorno do investimento.
  • Realize manutenção preventiva periodicamente e evite vazamentos.
  • Reutilize água.

Água é um recurso finito, porém não costumamos pensar nela como tal, uma vez que é difícil sequer imaginar nossa vida sem ela.

Justamente por esse motivo o cuidado com a água é extremamente importante e esta mensagem, que recebemos quase todos os dias, deve ser levada a sério.

4 . Diminua o uso de papel

É possível diminuir consideravelmente o uso do papel na administração com algumas medidas simples.

Comece mantendo a maioria dos registros e armazenando documentos de maneira eletrônica. Com apenas isso, você terá diminuição considerável da necessidade do uso de papel.

Ademais, para não perder os documentos antigos, você tem a opção de digitalizá-los e mantê-los juntos aos novos que estão sendo registrados digitalmente.

Sempre que possível, receba e envie mensagens e correspondências online.

Quando necessário realizar alguma impressão, use ambos os lados da folha e aproveite papeis velhos ou com erros para rascunhos e anotações.

5 . Conscientize os moradores

Nenhuma ação será efetiva se os condôminos não entenderem sua importância. De nada adianta implantar postos de coleta seletiva se o descarte do lixo ainda for feito de maneira inadequada.

Dessa forma, campanhas de conscientização são importantes durante a realização de ações em prol da sustentabilidade. Palestras durante assembleias, mensagens eletrônicas e postos de coleta nas áreas comuns são um bom começo.

Além dos benefícios para o planeta, protegendo o futuro das próximas gerações, lembre aos condôminos que ter atitudes sustentáveis também significa economia de custos todo mês, podendo até reduzir sua taxa condominial obrigatória.

A YBY, por exemplo, conta com especialistas que organizam palestras, ações de e-mail marketing e até no Whatsapp, para que o condomínio esteja preparado para adotar um estilo de vida sustentável.

Partiu, condomínio sustentável!

Agora você sabe que adotar um estilo de vida sustentável não é difícil, tampouco é caro. Então, agora é a hora de começar.

Siga o passo a passo acima e as melhorias serão visíveis em pouquíssimo tempo. Implemente na ordem que for mais conveniente ao seu condomínio, sempre focando nos problemas atuais que está enfrentando.

Para receber dicas valiosas de como ser mais sustentável em seu dia a dia, não esqueça de seguir a YBY no Instagram e Facebook através do @SomosYbY.